Cordel Encantado: Doralice leva tiro e fica entre a vida e a morte

1

Depois de resgatarem Açucena da fazenda de Timóteo, Jesuíno e seu bando fogem perseguidos pela volante e por Batoré.

Quiquiqui, Setembrino, Galego, Fubá/Dora e Faísca/Felipe trocam tiros com o grupo inimigo. O pangaré de Batoré empaca e ele fica para trás.

Jesuíno segue na frente, levando Açucena na garupa do cavalo. Dora segue o caminho de Jesuíno, mas durante a fuga é atingida por um tiro no peito.

Ferida, a advogada entra na mata e é seguida por Felipe. Muito fraca, ela se desequilibra e cai do cavalo.

Desesperado, o príncipe socorre Dora. Felipe ouve barulho da volante se aproximando, arrasta a moça para o meio do mato e consegue se esconder.

Dora segura a mão de Felipe e afirma: “Não vou aguentar…” Mas Felipe a acalma: “Não diga isso. Vou te tirar daqui, te levar até um médico. Você vai ficar boa, Doralice. Prometo que você vai ficar boa.

Jesuíno descobre que Faísca é o Príncipe Felipe

Enquanto isso, Jesuíno dá falta de Fubá/Dora e Faísca/Felipe, é então que Galego afirma que Fubá levou um tiro e acabou ficando para trás.

Desesperado, Jesuíno volta para o meio da mata para procurar o amigo. Para sua surpresa, ele encontra Felipe, sem o lenço no rosto, socorrendo Fubá/Dora, que está ferida.

Jesuíno fica em choque: “Mas tu é… o príncipe?! Que diabo tá acontecendo?”.

Preocupado com Dora, o príncipe apenas pede que eles ajudem a socorrer Fubá/Dora. Jesuíno a pega no colo, com cuidado.

Dora abre os olhos e vê que é seu amado quem está ali. Jesuíno, ainda acreditando ser Fubá, diz: “Vamos levar Fubá para Vila da cruz. Miguézim vai cuidar de você”.

Jesuíno descobre que Fubá é Dora e a beija!

Jesuíno e Felipe levam Fubá/Dora para o posto médico de Vila da Cruz, para que Farid cuide da jovem. Mas, quando o líder do bando entra na sala para ver como o amigo está, leva um susto.

Doralice?! Mas o que ela está fazendo aqui?! Quédi Fubá? O que está acontecendo?!”, exclama Jesuíno.

Para socorrê-la, Farid teve de tirar o lenço de seu rosto e o chapéu que prendia seu cabelo. “Seu amiga Fubá, na verdade é Doralice! Tem que levar Doralice para Brogodó! Depressa! Senão, ela vai morrer”, explica Farid.

Jesuíno está em estado de choque, quando Dora acorda. Ele pergunta por que ela mentiu esse tempo todo. A jovem se declara: “Para ficar perto de você, para você olhar para mim, me conhecer melhor e acabar tendo carinho por mim, quem sabe, amor. O que eu fiz foi por amor”.

Comovido, Jesuíno diz que vai levá-la para Brogodó, mas Dora pede: “Não vai adiantar. Eu vou morrer. Mas antes de morrer, eu queria te fazer um pedido. Não quero ir embora desse mundo sem um beijo seu, um beijo de verdade.”

Jesuíno hesita, mas acaba beijando Doralice. Nesse momento, Açucena entra na sala e vê a cena.

Furiosa, Açucena sai correndo chamando a atenção de Jesuíno. Ele fica desesperado e vai atrás de sua amada. Será que Açucena vai perdoar Jesuíno? Acesse o resumo da novela Cordel Encantado e descubra o que mais vem por aí!

Veja também: Príncipe Felipe se desespera e implora para Dora não morrer

Compartilhe: