Vidas em Jogo – Resumo da novela da Record: Próximos capítulos

24

Vidas em Jogo é uma telenovela brasileira, originalmente exibida pela Rede Record em 2011. Em 2017, a trama foi reprisada pela Record no horário das 15h45. O folhetim procura mostrar o quanto o dinheiro pode transformar a vida das pessoas. A seguir você pode ler o resumo dos próximos capítulos de Vidas em Jogo:

Novela Vidas em Jogo – Resumo do próximo capítulo

Capítulo 226, 13 de março de 2012 – Francisco fica sem entender o que está acontecendo. Convencida por Juliana, Patrícia decide falar a verdade. O milionário se revolta, acreditando que a testemunha está sendo paga para prejudicar Rita. Ele parte para cima da mulher e o promotor é obrigado a interferir. Patrícia fica magoada com as insinuações de Francisco. Ele a ofende, fazendo comparações com Regina. Patrícia chora, mas Francisco decide ver Miguel antes de ir embora. Rita firma um acordo com o homem que havia encontrado. Ela entrega um envelope gordo, mas pede que ele não o abra em público. O homem afirma que vai acabar com a testemunha de Patrícia. Welligton e Stella participam da primeira reunião na clínica. Raimundo prepara uma amostra do convite para a festa de Halloween. Zizi e Guilherme gostam do que vêem. Eles planejam colocar um labirinto no local da festa para pegar o assassino. Patrícia recebe uma caixa, sem remetente, com o CD gravado pelo assassino onde Rita confessa estar aflita por conta da nova testemunha que surgiu. Chocada, Marta diz a Marizete que ficou rica. Ela explica que sua ex-patroa morreu e lhe deixou todo o dinheiro que possuía. Patrícia liga para Rita e conta que recebeu o cd. Ela decide marcar um encontro com a dançarina na casa de Regina. Marizete libera Marta para que ela possa acertar toda sua documentação.

Quando fica sozinha com Fabinho, a milionária afirma que não acreditou na história de sua empregada. Ela supõe que Marta vendeu seu colar, que desapareceu e embolsou toda a quantia. Margarida encontra Severino e pede uma nova chance para cumprir sua missão. Depois de muita insistência, ele decide marcar uma reunião para que a turma do bolão faça sua escolha. Marizete pede que Fabinho siga Marta. A empregada troca de roupa e volta para a sala a tempo de ouvir Marizete falando sobre o roubo novamente. Ofendida, ela discute com a milionária, que exige a verdade. Marta decide se demitir e vai embora. Depois que fica sozinha, Marizete percebe que sua missão deixará de ser cumprida. Welligton recebe a visita de Cacau e Grace. Ele fica desesperado ao saber que Stella fugiu. Francisco fica preocupado com Rita ao saber que ela vai se encontrar com Patrícia. Decidida, ela afirma que vai até a casa de Regina para encontrar a mãe de Miguel. Rita liga para Patrícia e muda o local do encontro. As duas se encontram em um quiosque. Patrícia mostra a gravação para Rita e pergunta quem é a pessoa citada no diálogo, que irá encontrá-la no dia seguinte. Pressionada, Rita pede que o dono do quiosque guarde a bolsa de Patrícia. Ela revista a mãe de Miguel e quando se certifica de que não existe nenhum gravador por ali, ela assume que planejou o sequestro.

Resumo de Vidas em Jogo – Próximos Capítulos da novela

Capítulo 227, 14 de março de 2012 – Rita tenta justificar suas atitudes, mas Patrícia se irrita. A dançarina afirma que estimulou Ivan a sequestrá-la, mas explica que fez tudo isso para se defender de Regina. Rita diz que pode tirar Miguel de Patrícia e ainda faz ameaças. A filha de Regina se revolta, exigindo que a dançarina fique longe de seu filho. Depois que Rita vai embora, cheia de si, Patrícia começa a chorar. Lucas escolta Regina, que sai do banho. Ele liberta Cleber, quando Andrea surge como uma alucinação e deixa o molho de chaves perto dos reféns. Atordoado, Lucas começa a conversar com sua amada. O miliciano se aproveita para levantar. Lucas e Cleber iniciam uma luta, mas o ex-motorista de van se atrapalha porque a visão de Andrea o perturba. Cleber acerta Lucas em cheio com uma cadeira. O ex-motorista de van desmaia, enquanto Cleber foge do cativeiro, debilitado por conta do ferimento no joelho e de todo o tempo que ficou sentado. Regina se desespera enquanto Cleber se vai. Lucas se recupera, pega sua arma e sai em disparada.

Quando fica sozinha, Regina olha para o molho de chaves e se ilumina de esperança. Cleber corre com muita dificuldade, enquanto a alucinação de Andrea tenta impedir Lucas. Regina pega as chaves e consegue se libertar. Ela sai cautelosa para ter certeza de que o ex-motorista de van não está por ali. Lucas vai se aproximando de Cleber. Regina checa a van de Lucas, mas não encontra as chaves. Ao ouvir tiros ela sai do carro, desesperada. Cleber corre, quando cai de um precipício muito alto. Lucas se aproxima e percebe que Cleber está pendurado, muito aflito. Ele pede a ajuda de Lucas, que lhe dá duas opções: morre com a queda ou volta para o cativeiro. Cleber não hesita e pede para retornar ao cativeiro, enquanto o ex-motorista de van o observa. Enquanto isso Regina foge pela mata, aflita. Lucas puxa Cleber de volta. O bandido tenta desarmar o ex-companheiro de Andrea que é mais rápido e lhe acerta um tiro na mão. Chorando de dor, Cleber é obrigado a retornar ao cativeiro. Fingida, Rita chora ao contar para Francisco como foi o encontro com Patrícia. Ela se faz de vítima e mente que a filha de Regina comprou a testemunha. Patrícia conta para Juliana tudo que aconteceu no encontro. Ela chora ao saber que não está produzindo mais leite materno. Lucas chega ao cativeiro e percebe que Regina sumiu. Ele imobiliza o bandido e corre para a mata. Lucas pega sua van e sai apressado. Regina vê o carro, mas consegue se esconder. Juliana encontra Francisco e conta a verdade sobre o encontro de Rita e Juliana. Francisco não acredita e ainda fica revoltado ao achar que Patrícia está usando Miguel. Ele afirma que se continuar dessa forma, vai pedir a guarda do filho. A turma do bolão se reúne para decidir se Margarida terá uma nova chance de cumprir sua missão.

Capítulo 228, 15 de março de 2012 – Jorge e Severino se posicionam contra a nova oportunidade de Margarida. Francisco decide dar uma chance enquanto Carlos não tem muita segurança de sua decisão, mas também dá um voto de confiança. O voto de Marizete será decisivo para definir o impasse. A milionária decide voltar contra. Revoltada, Margarida parte para cima de Marizete e Guilherme é obrigado a intervir. Antes de ir embora, a ex-namorada de Elton ameaça todos os que votaram contra. Depois que ficam sozinhos, os integrantes do bolão começam a trocar acusações. José fica surpreso ao ver que Marta arrumou uma mala. Sem jeito, ela explica que se demitiu porque Marizete a acusou de roubo. Ele assume o roubo. Decidido a não deixar que a empregada pague pelo seu erro, José decide revelar a verdade para Marizete. Marta pede que ele não revele a verdade. Ela afirma que a herança vai demorar para sair e, além disso, não tem lugar para ficar. A dupla tem certeza que Marizete vai aceitar a empregada de volta porque precisa realizar sua missão. José decide aceitar. Regina consegue chegar em uma rua e começa a pedir esmolas. Francisco diz a Guilherme que mandou fazer uma varredura em sua casa e descobriu uma mini câmera. Ele acredita que Patrícia é a responsável pela escuta. Francisco diz ao advogado que está disposto a lutar pela guarda de Miguel. Falsa, Rita o apoia. Convencida por José, Marizete decide pedir desculpas a Marta. Valdisnei fica com medo do ódio de Margarida. Contrariada, Marizete se desculpa com Marta. Regina consegue se hospedar em um hotel de quinta categoria utilizando o pouco dinheiro que reuniu. Na clínica, Welligton luta para ficar longe das drogas. Regina consegue ligar para Lucia e pede que a secretária anote o endereço do hotel. Rita conversa com a pessoa que contratou para acabar com a testemunha de Patrícia. Ela afirma que a pessoa precisa ser eliminada e Nelize ouve tudo.

Capítulo 229, 16 de março de 2012 – Nelize ouve Rita ao telefone e ela disfarça. Rita afirma que precisa provar que Patrícia pagou a testemunha que a viu no cativeiro. Nelize desconfia de Rita. Lúcia entrega objetos pessoais a Regina no hotel. A empresária conta para Lúcia que Lucas a sequestrou, Cleber e Elton. Regina afirma que não denunciará Lucas, pois deseja que Cleber permaneça no cativeiro. Lúcia conta para Regina que Patrícia saiu da mansão de Francisco e que seu leite secou. Cleber implora por remédios. Marialice sonha que Jorge é o Palhaço. Raimundo afirma que eles se vingarão do responsável pela morte de Augusta. Regina pede que Lúcia não conte a ninguém que Lucas assassinou Elton. Regina afirma que o ódio de Margarida contra a turma do bolão pode lhe ser útil. Carlos se dá conta de que Welligton sumiu da clínica. Welligton e Stella se drogam. O médico diz a Carlos que Welligton precisa decidir sozinho se quer se recuperar. Patrícia fala para Francisco que Juliana lhe contou sobre a ameaça de tirar Miguel dela.

Francisco acusa Patrícia de estar mentindo. Dila questiona Lúcia sobre sua saída durante a madrugada. Regina convence Margarida a encontrá-la. Patrícia afirma que fará Francisco descobrir que Rita foi a mentora do sequestro. Patrícia determina que Miguel não ficará sob o mesmo teto que Rita e Francisco ameaça brigar na justiça. Adalberto afirma estar preocupado com Rita. Rita diz a Adalberto que Patricia implantou uma câmera na mansão. Cacau diz que Stella é a culpada por Welligton usar crack. Welligton tenta assaltar um rapaz e apanha. Carlos sai à procura de Welligton. Ernesto passeia com Jaqueline e Daniel no shopping. Jaqueline convence Ernesto a comprar um vestido de festa para ela. Jaqueline e Daniel trocam olhares cúmplices. Adalberto pressiona Patrícia para que ela admita que está armando contra Rita. Patrícia afirma que a testemunha ouviu Rita e Ivan conversando próximo ao cativeiro. Patrícia mostra uma gravação telefônica suspeita de Rita. Ernesto envergonha Jaqueline e Daniel. Margarida pergunta a Regina o motivo do acidente de Elton. A empresária afirma que elas precisam se unir para voltarem a ser milionárias. Regina sugere que elas matem os membros da turma do bolão, com exceção de Francisco.

Capítulo 230, 19 de março de 2012 – Margarida aceita se unir a Regina. Mesmo após uma série de perguntas de sua nova aliada, Margarida não revela se é ou não a assassina do bolão. Ela deixa a dúvida no ar. Regina conta que ficou presa no cativeiro junto a Cleber e Elton. Ela revela que todos foram capturados por Lucas. O ex-motorista de van encontra Juliana e Patrícia. O trio conversa quando Lucia chega e fica nervosa ao ver Lucas. Ela disfarça, tentando não transparecer nada. Quando fica sozinho com Lucia, o ex-companheiro de Andrea pressiona a secretária para tentar descobrir a localização de Regina. Juliana chega e atrapalha. Rita aproveita que Francisco não está em casa e mente que vai para uma aula de dança. Como seu figurino não é adequado, Nelize questiona e Rita inventa uma desculpa. A mãe adotiva de Marcolino não acredita. Edmundo, que estava por ali, percebe que Nelize está escondendo algo. Depois de refletir por alguns instantes, ela decide contar tudo ao filho adotivo.

Empolgado, Ernesto diz a Divina que o passeio no shopping com Daniel e Jaqueline foi muito bom. Sozinho com a irmã, o jogador explica que Severino ficará muito irritado ao ver o vestido que Ernesto comprou para sua filha. Rita caminha por uma comunidade em busca de informações sobre a testemunha de Patrícia. Ela não percebe que é fotografada por dois detetives. Rita encontra um homem, que conhece a testemunha. Ele afirma que a mulher já desapareceu há algum tempo. Rita oferece dinheiro ao homem, que não aceita porque realmente não sabe mais nada sobre a catadora de lixo. Tudo é registrado pelos detetives. Carlos volta para casa sem notícias de Welligton. O jogador decide se unir a Stella para roubar algumas coisas de sua casa. Severino fica furioso ao ver Jaqueline usando um vestido curto, maquiagem e salto alto. Ela conta que a roupa foi um presente de Ernesto. Falsa, Rita se oferece para sair da casa de Francisco no fim de semana, assim, Patrícia pode deixar Miguel ficar com o milionário.

Capítulo 231, 20 de março de 2012 – Margarida não aceita o pedido de casamento de Valdisnei, mas o chama para morar em sua casa. Juliana conta a Marialice e Vinícius que Rita participou do sequestro de Patrícia. Os dois ficam estupefatos. Severino leva a roupa de Jaqueline até Ernesto e cobra satisfações. O ex-presidiário jura que não pediu que a menina comprasse o vestido. Ele é obrigado a aceitar as condições de Severino, que incluem visitas supervisionadas. Francisco liga para Patrícia e afirma que Rita ficará fora de sua casa para que ele possa ficar com Miguel. Mesmo contrariada, a filha de Regina concorda. Escondida, a dançarina ouve o diálogo. Welligton entra em sua casa na madrugada e começa a juntar uma série de coisas para roubar. A câmera secreta instalada na casa monitora tudo. Adalberto entra na sala secreta e cobra satisfações, afirmando que a pessoa não respeitou a parceria acertada quando Patrícia recebeu o CD com a conversa que incrimina Rita.

Adalberto abre algumas gavetas e encontra um CD que possui telefonemas suspeitos de Rita. Doído, Welligton leva tudo que consegue roubar. Adalberto assiste a uma conversa de Rita que foi gravada onde ela fala com alguém ao telefone. Na gravação, ela afirma que só vai conseguir dinheiro depois que se casar com Francisco. Adalberto fica perturbado e adianta o CD. Ele vê uma nova conversa em que Rita continua sendo bastante pressionada para conseguir dinheiro. Adalberto continua vendo o conteúdo do disco quando o assassino do bolão volta para sua sala. Abismado, o mecânico se vira para seu comparsa e comenta que Rita realmente participou do sequestro. Fátima, Grace e Cacau ficam tristes ao ver a sala desfalcada após o assalto de Welligton. O jogador encontra sua amiga, carregando todos os itens que pegou em casa. Carlos aparece de surpresa. Para não ficar longe do filho, o milionário sugere que o filho fume crack em casa. Welligton aceita a proposta e Stella decide acompanhar o amigo. Antes do jogo do Cariocas, Ernesto pressiona Jaqueline e exige que ela fale a verdade sobre o vestido. Ele sobe o tom, quando Severino se aproxima. O ex-presidiário é obrigado a se calar. Após uma conversa, quando fica sozinha com Ernesto, Jaqueline revela que tudo não passou de uma armação. Ela expulsa o ex-presidiário, que se afasta com lágrimas nos olhos. Francisco busca Miguel na casa de Patrícia.

Capítulo 232, 21 de março de 2012 – Regina liga para Lucas e propõe uma trégua. Ela afirma que não o denunciará desde que também deixe de ser procurada. Depois que discutem, Lucas desliga o telefone e se descontrola. Carlos diz a Grace e Cacau que vai permitir que Welligton use drogas em casa temporariamente porque planeja eliminar o vício do filho aos poucos. Questionada por Divina, Jaqueline mente que Ernesto sumiu porque foi comprar algo. O Cariocas e o time adversário entram em campo. Depois que Welligton adormece, Stella se despede de Carlos e Grace. Ela explica que só aceitou a proposta do milionário para que o jogador se sentisse incentivado. Emocionada, Stella vai embora. Daniel faz o primeiro gol da partida. Rita encontra o homem que se encarregou de acabar com a nova testemunha de Patrícia. Ela se compromete a enganar Francisco para conseguir mais dinheiro. Adalberto encontra Patrícia. O ex-mecânico pede que ela se empenhe na luta contra Rita. Ele revela que sabe tudo sobre o sequestro. Adalberto diz a Patrícia que Rita pode tentar matá-la. Ele afirma que não pode revelar como descobriu tudo. Patrícia fala sobre o CD que recebeu.

Adalberto conta que Rita sempre fala ao telefone com um presidiário. Ele promete ajudar, mas pede que ninguém mais saiba da conversa. Severino, Divina e Jaqueline comemoram a vitória do Cariocas. Alguns jogadores vão até a casa de Welligton para dar a boa notícia. Fátima vai até o quarto e chama o genro para ver a surpresa. Todos oferecem apoio total a Welligton, que fica muito emocionado. Raimundo, Zizi, Adalberto e algumas outras pessoas que participam do plano para capturar o assassino do bolão na festa de Halloween fecham negócio com uma empresa de seguranças. Rita chega à casa da mãe e não entende o motivo da reunião. Tenso, Adalberto decide contar uma mentira, que é comprada por todos. Patrícia recebe do promotor que a ajuda algumas fotos de Rita procurando pela catadora de lixo. Eles acertam que a mulher ficará exposta para que a dançarina a encontre e, assim, será pega pela polícia. Jaqueline conta a Daniel que revelou toda a verdade para Ernesto. Depois que fica sozinho, o jogador liga para o ex-presidiário para conversar.

Como haviam feito um acordo, Daniel teme que Ernesto queira fazer o exame de DNA novamente. Chateado, Ernesto afirma que vai pensar se ainda manterá o acordo. Severino diz a Edmilson que Divina está ficando balançada. Adalberto diz a Carlos que Rita realmente foi a mentora do sequestro de Patrícia. Ele começa a contar toda a história. Após um mês, Carlos decide que será melhor que Welligton seja internado. Mesmo a contragosto, ele é levado por enfermeiros que vão buscá-lo em casa. O promotor diz a Patrícia que Rita está quase mordendo a isca. Os organizadores da festa de Halloween se reúnem. Juliana explica que postou os convites para a turma do bolão em uma agência dos correios que fica longe de todos. Severino recebe o convite e fica nervoso ao ler a mensagem. Todos os convites têm um texto que os acusa de assassinato. Cada um deles é chamado a comparecer à festa levando 100 mil reais para comprar sua suposta liberdade. Margarida recebe o convite e conta tudo a Regina. No cativeiro, Lucas prepara um novo uniforme laranja. Ele diz a Cleber que vai capturar Carlos. A festa começa, mas todos que organizaram o evento se disfarçam para não serem reconhecidos.

Capítulo 233, 22 de março de 2012 – Adalberto diz a Carlos que Rita realmente foi a mentora do sequestro de Patrícia. Ele começa a contar toda a história. Após um mês, Carlos decide que será melhor que Welligton seja internado. Mesmo a contragosto, ele é levado por enfermeiros que vão buscá-lo em casa. O promotor diz a Patrícia que Rita está quase mordendo a isca. Os organizadores da festa de Halloween se reúnem. Juliana explica que postou os convites para a turma do bolão em uma agência dos correios que fica longe de todos. Severino recebe o convite e fica nervoso ao ler a mensagem. Todos os convites têm um texto que os acusa de assassinato. Cada um deles é chamado a comparecer à festa levando 100 mil reais para comprar sua suposta liberdade. O promotor diz a Patrícia que Rita está quase mordendo a isca. Os organizadores da festa de Halloween se reúnem. Juliana explica que postou os convites para a turma do bolão em uma agência dos correios que fica longe de todos.

Severino recebe o convite e fica nervoso ao ler a mensagem. Todos os convites têm um texto que os acusa de assassinato. Cada um deles é chamado a comparecer à festa levando 100 mil reais para comprar sua suposta liberdade. Margarida recebe o convite e conta tudo a Regina. No cativeiro, Lucas prepara um novo uniforme laranja. Ele diz a Cleber que vai capturar Carlos. Os convidados começam a chegar ao evento. Raimundo diz aos amigos que se der algo errado, o ponto de encontro será na entrada do labirinto de espelhos. Lucas planeja capturar Carlos durante a festa. Rita encontra Zizi e Guilherme na festa. Ela percebe que a mãe ficou nervosa e desconfia de algo. Severino, Divina e Jaqueline chegam na festa. Ele fica aflito, mas tenta disfarçar. Ernesto diz a Daniel que decidiu lutar por seus direitos para descobrir se realmente é o pai de Jaqueline. O jogador se desespera. Ele prepara uma fantasia de urso e se dirige até a festa na tentativa de obter fios de cabelo da menina. Com a exceção de Carlos, que ainda não chegou, a turma do bolão se reúne no local e todos comentam que receberam o mesmo convite ameaçador.

Capítulo 234, 23 de março de 2012 – Os convidados começam a chegar ao evento. Raimundo diz aos amigos que se der algo errado, o ponto de encontro será na entrada do labirinto de espelhos. Lucas planeja capturar Carlos durante a festa. Rita encontra Zizi e Guilherme na festa. Ela percebe que a mãe ficou nervosa e desconfia de algo. Na clínica, Welligton participa de uma reunião com outras pessoas que também tiveram problemas com as drogas. Sem convicção, ele afirma que fará o que puder para se curar. Severino, Divina e Jaqueline chegam na festa. Ele fica aflito, mas tenta disfarçar. Ernesto diz a Daniel que decidiu lutar por seus direitos para descobrir se realmente é o pai de Jaqueline. O jogador se desespera. Ele prepara uma fantasia de urso e se dirige até a festa na tentativa de obter fios de cabelo da menina. Regina se fantasia para ir ao evento. Ela leva uma arma. Com a exceção de Carlos, que ainda não chegou, a turma do bolão se reúne no local e todos comentam que receberam o mesmo convite ameaçador.

Margarida diz a Severino que vai salvar sua vida. Ela revela que Regina está se dirigindo até a festa disposta a matá-lo. A ex-namorada de Elton revela que fingiu ter se tornado aliada de Regina para descobrir o que ela planejava. Margarida recebe uma ligação de Regina. Como não consegue ouvir muito bem por conta do barulho, ela acaba entrando no labirinto. Ela conversa com Regina ao telefone e fica desesperada quando a empresária afirma que vai matar Marizete. Depois que desliga o celular, Margarida percebe que está perdida no labirinto. Ela começa a gritar por socorro e Valdisnei a escuta de longe. A milionária pede que ele avise aos outros que Regina está chegando. Ernesto procura por Jaqueline. Daniel deixa um recado no celular de Divina e avisa que Ernesto vai tentar algo. Margarida sai do labirinto e encontra Lucas, que fala sobre a aliança dela com Regina. A milionária afirma que era tudo fingimento, mas que a empresária contou que ele matou Elton.

Capítulo 235, 26 de março de 2012 – Nelize vai até a casa de Patrícia acompanhada dos filhos. Ela diz à mãe de Miguel que sabe da participação de Rita no sequestro. Margarida perdoa Lucas. Ela destaca que não vai entregá-lo. O ex-motorista de van diz que vai sequestrar Carlos e a milionária concorda. Lucas liga para Carlos, que acaba de chegar de carro, e avisa que Regina vai chegar. Ele mente que precisam se encontrar no estacionamento para combinar algo. Patrícia fica feliz com o apoio de Nelize. Lucas chega ao estacionamento e aponta sua arma para Carlos. Carlos tenta fazer com que Lucas mude de ideia, mas o ex-companheiro de Andrea se mostra irredutível. Lucas entrega algemas para Carlos e exige que ele mesmo as coloque. O ex-motorista de van conduz Carlos até sua van. Divina decide ir até o banheiro e Jaqueline fica sozinha. Raimundo se aproxima e cuida da menina. Juliana se aproxima do ex-namorado e o chama para vigiar os convidados. Jaqueline, que se distraiu com um menino, decide não acompanhá-los e fica sozinha na pista de dança.

Ernesto se aproxima de Jaqueline disposto a cortar uma mecha de cabelo da menina. Daniel chega ao local e chama pela irmã, mas Ernesto já conseguiu o que queria. Ele foge e se mistura aos outros convidados. Regina chega ao evento. Carlos tenta convencer Lucas de que ele não é assassino. O ex-companheiro de Andrea se irrita e acerta uma coronhada no milionário, que desmaia. Daniel conta tudo para Divina, que se desespera. Raimundo e seus amigos enviam torpedos para os integrantes do bolão que estão presentes na festa. Eles são chamados a entrar no labirinto seguindo o caminho indicado. Regina se aproxima para atirar em Marizete, que não a vê. José consegue puxar sua amada e a livra do tiro. Regina vai atirar outra vez, mas Francisco se coloca na frente de todos. A empresária não atira no genro e decide fugir. O DJ liga a máquina de fumaça enquanto os integrantes do bolão se misturam com a multidão.

Severino e Francisco se encontram e decidem se dividir para achar a empresária. Marizete também encontra Margarida na confusão, mas não permite que ela a acompanhe. Quando fica sozinha, Margarida sorri, dúbia, e começa a procurar Regina. A empresária intimida um convidado e exige que ele lhe entregue sua fantasia. Ernesto vai embora da festa levando os cabelos de Jaqueline. Adalberto sai da festa alegando que a fumaça não lhe faz bem. Utilizando a fantasia roubada, Regina sai da festa sem problemas. Guilherme segue Jorge, que se dirige ao labirinto. Divina pede que Vinícius cuide de Daniel e Jaqueline enquanto ela tenta resolver o problema com Ernesto. Adalberto entra em um carro estacionado nos fundos do estúdio. Na direção está o palhaço assassino. Ele confere o saco de risadas e Adalberto decide mandar outros palhaços invadirem a festa.

Capítulo 236, 27 de março de 2012 – Chega uma van preta com 20 palhaços macabros. Regina se desespera e teme por Francisco, mas decide fugir em seu carro. Guilherme diz aos amigos que perdeu Jorge de vista. Os convidados, que sabem do assassino do bolão, ficam assustados ao ver inúmeros palhaços na festa. Lucas prende Carlos, que ainda está desacordado, no cativeiro. Divina chega ao motel e encontra Ernesto, sem fantasia. Ele afirma que não esteve na festa e mente que estava trabalhando. Divina cede um pouco e decide acreditar. Uma pessoa entra no labirinto usando um lençol branco. Raimundo e Juliana observam. Regina liga para Lucia e conta que foi traída por Margarida. Patrícia ouve a conversa e pergunta se a secretária está conversando com sua mãe. Zizi, Marialice e Raimundo se colocam em cima de um grid de iluminação e observam a pessoa que anda pelo labirinto. O pano branco é retirado e o trio percebe que é Jorge. O milionário se aproxima da caixa colocada no local, quando, de repente, a moeda com um lado de caveira rola por ali e chama sua atenção. Marialice grita ao perceber que o palhaço assassino se aproxima do ex-dublê.

Equipado com um lança-chamas, ele corre atrás de Jorge. O milionário tenta fugir, mas acaba encurralado no labirinto. O palhaço lança chamas na direção de Jorge, que pega fogo. Marialice, Zizi e Raimundo se desesperam ao ver o milionário como uma bola de fogo. O palhaço aciona uma bomba de fumaça, que toma o labirinto. As pessoas na festa fogem assustadas. Seguranças bloqueiam a entrada do labirinto, permitindo apenas o acesso da brigada de incêndio. Marialice se desespera. Patrícia toma o celular de Lucia e tenta falar com Regina. A empresária se emociona e decide falar com a filha. Patrícia questiona, mas Regina não revela sua localização. Depois de ser pressionada, Regina pede que Lucia leve Patrícia até o hotel em que está hospedada. A mãe de Miguel pega o endereço com a secretária e decide ir sozinha. Marialice chora muito por não ter acreditado em Jorge. Adalberto chega um pouco depois de toda a confusão e Guilherme desconfia. Raimundo e Juliana também ficam incomodados. Todos estranham a ausência dos integrantes do bolão. O investigador que cuida dos assassinatos surge no local da festa. Margarida aparece, fingindo que não sabe de nada, e logo começa a ser interrogada sobre a suposta aliança que fez com Regina. Severino sai do banheiro e fica em choque ao saber que Jorge foi assassinado. Ele também é chamado pelo investigador para prestar esclarecimentos.

Francisco e Marizete chegam, separados, e também ficam chocados. Interrogado pelo investigador, Francisco afirma que toda a confusão pode ter sido armada por Regina e Margarida. Algumas pessoas estranham a ausência de Carlos. Margarida e Marizete brigam mais uma vez. No cativeiro, Carlos desperta, mas percebe que está amordaçado. Os integrantes do bolão, que estavam na festa, são interrogados um a um. Cleber provoca Carlos. O miliciano revela que antes dele, Regina e Elton já passaram por ali. Lucas volta para o local da festa e fica chocado ao saber que o palhaço assassino atacou mais uma vez. Margarida se aproxima de Lucas e afirma que Carlos provavelmente não é o assassino. O ex-motorista de van afirma que o milionário pode ter um comparsa. Margarida se descontrola durante o interrogatório. Patrícia e Regina se encontram. A empresária afirma que continuará empenhada em seu plano para eliminar os integrantes do bolão. A mãe de Miguel se irrita. Ela afirma que chamará a polícia se Regina não se entregar.

Capítulo 237, 28 de março de 2012 – Regina se sente traída por Patrícia. A empresária tenta justificar seus atos, mas a mãe de Miguel não se convence. Regina confessa que teve participação no assassinato de Andrea. Patrícia começa a chorar, quando entra o promotor de justiça. A mãe de Miguel revela que estava utilizando uma escuta autorizada por um juiz. Antes de sair, Regina se sente arrasada com a traição de Patrícia. Ela sai com o promotor, sem resistir. Quando fica sozinha, Patrícia chora muito. Ela liga para Francisco e conta tudo o que aconteceu. Ele se nega a encontrá-la e afirma que seu choro não passa de uma chantagem emocional. Lucas volta ao cativeiro muito irritado. Ele aponta sua arma para Carlos e exige que ele revele o nome do suposto comparsa. Lucas tira a mordaça do milionário e começa a agredi-lo. Patrícia conta a Lucia que entregou sua mãe. Francisco chega ao apartamento e afirma que levará Miguel para sua casa. Depois que Lucia sai, os dois começam a discutir. Patrícia se descontrola e acerta um tapa no rosto de Francisco. Ela expulsa o milionário, que promete conseguir a guarda de Miguel. Tatiana fica em choque ao descobrir que sua mãe foi presa.

Lucas continua ameaçando Carlos. Mesmo sendo pressionado, o milionário afirma que não pode dizer o que estava fazendo no dia em que Augusta foi morta. Exausto, Adalberto chega na sala secreta do palhaço assassino e comemora mais uma etapa bem sucedida. Todos os suspeitos do bolão saem de suas casas, de madrugada, sem serem vistos. Quando retornam pela manhã, levantam suspeitas de seus familiares. Welligton se desespera ao saber, através de Fátima e Cacau, que Carlos desapareceu após a morte de Jorge. Ele calça os sapatos e consegue fugir da clínica. Margarida liga para Lucas e conta que Regina foi presa. Ela o alerta porque a empresária pode contar tudo na delegacia. Rita se encontra novamente com Franco, o homem que se comprometeu a fazer algo para acabar com a testemunha de Patrícia. Ele revela que encontrou a catadora de lixo, mas como a mulher é honesta, o único jeito seria matá-la. Rita fica indecisa. De carro, Fabinho e Marizete retornam para o local onde Elton foi encontrado. Ele mostra que está levando uma arma. O personal stylist freia bruscamente quando vê a van de Lucas estacionada no local. Eles se aproximam do veículo e decidem seguir algumas pegadas.

Capítulo 238, 29 de março de 2012 – Fabinho tem um mau pressentimento, mas decide seguir em frente com Marizete. Ela afirma que vai se certificar do que está acontecendo. Se algo estiver errado, vai chamar a polícia. Lucas continua pressionando Carlos, que continua alegando sua inocência. Welligton encontra Stella em um estado deplorável. Ela assume que está se prostituindo para conseguir drogas. Ela entrega uma caneta para Welligton e pede que ele troque por mais pedras de crack. Fátima e Cacau saem para tentar achar o ex-jogador. As duas encontram Welligton ao lado de Stella, que está muito mal. Ardendo em febre, ela desmaia. O jogador coloca Stella nos braços e todos se dirigem ao hospital. Divina diz a Severino que Ernesto pode ter conseguido alguns cabelos de Jaqueline para fazer o exame de DNA. Daniel encontra o ex-presidiário e pede que ele não faça o exame, pelo bem de Jaqueline. Patrícia lamenta por Regina ter negado recebê-la na delegacia. Fabinho e Marizete avistam o casebre. Eles decidem se aproximar devagar. A dupla começa a ouvir gritos e acredita que Lucas está em perigo. Enquanto espera pelo atendimento no hospital, Stella piora e começa a tremer muito. Arrependida, ela aperta a mão de Fátima, que se emociona.

Stella pede perdão por todos os seus atos e morre. Welligton chora bastante. Fabinho bate à porta do casebre. Como Lucas não atende, ele estoura a fechadura da porta dando tiros com sua arma. Fabinho entra com Marizete, mas fica surpreso ao ver que Lucas não é o refém. Confusos, eles percebem que Carlos e Cleber estão amarrados. O corpo de Stella é removido para o necrotério. Fátima explode em um misto de desespero e medo e começa a bater em Welligton, exigindo que ele largue as drogas. Ela cai em si e começa a chorar, desesperada. Lucas tenta se explicar, mas Marizete não o ouve. Mesmo sob a mira do revólver do ex-motorista de van, Marizete se aproxima de Carlos para desamarrá-lo. Lucas se joga para cima da milionária, que, depois do impacto, bate com a cabeça na parede. O ex-motorista de van se agacha para socorrer sua amiga. Fabinho se aproveita e o acerta com uma coronhada. O personal stylist desamarra Carlos. O milionário explica que tem pressa em encontrar Welligton e, por isso, Fabinho lhe entrega a chave do carro.

Lucas se levanta, ainda zonzo, e corre para capturar Carlos. Marizete acorda e decide libertar Cleber para que todos possam sair do cativeiro antes que Lucas retorne. O miliciano é escoltado pela dupla. Carlos consegue entrar no carro e foge. Lucas pega sua van e inicia uma perseguição. Enquanto acelera o carro, Carlos encontra o celular de Marizete. Ele liga para um amigo e pede ajuda. Cleber tenta utilizar Marizete como escudo para se defender de Fabinho e fugir, mas acaba levando um chute que o deixa impossibilitado. Depois que se recupera, Cleber se aproveita de um momento de distração de Fabinho e decide fugir. A dupla decide persegui-lo. Welligton foge do hospital. Carlos chega em uma barreira policial colocada por seu amigo. Ele para o veículo e Lucas é obrigado a frear. O ex-motorista de van é rendido e levado pelos policiais. Cleber surge de repente e Fabinho aponta sua arma. O bandido não teme ser baleado e exige a arma.

Capítulo 239, 30 de março de 2012 – Cleber não teme ser baleado. Ele se aproxima de Fabinho, que treme bastante. O bandido parte para cima do personal stylist, que fecha os olhos e atira. Cleber cai de joelhos. Nem o próprio Fabinho acreditava que podia atirar. Marizete fica boquiaberta. Incrédulo, Cleber afirma que fugiu da polícia, de armadilhas e até mesmo foi baleado na cabeça para no fim das contas, cair dessa forma. Ele cai morto, enquanto Fabinho e Marizete espalmam as mãos. Carlos conversa com Fátima ao telefone. Ela revela que Welligton fugiu. O jogador tem alucinações após fumar algumas pedras de crack. Ele entra em um bueiro para fugir de suas visões. Policiais encontram Marizete e Fabinho, que contam tudo sobre a morte de Cleber. O personal stylist cai em si e se desespera ao pensar que matou um ser humano. Marizete liga para Francisco e conta que Cleber foi morto por Fabinho. José fica muito feliz ao saber da notícia. Juliana e Raimundo visitam Lucas na clínica psiquiátrica em que ele foi internado. Amarrado na cama, o ex-motorista de van implora para ser solto. Raimundo conta que Cleber morreu, mas Lucas olha desconfiado, louco, e começa a gritar.

Juliana chora muito, enquanto é confortada pelo filho de Augusta. Lucia e Dila contam a Regina que Cleber morreu. A empresária vibra de alegria. Lucas continua afirmando que Carlos vai matar todos. Raimundo busca uma enfermeira, que aplica um tranquilizante no ex-namorado de Andrea. Regina pede que Lucia providencie tudo para sua fuga. Divina discute com Ernesto e se revolta por ele ter mentido quando contou que não esteve na festa. Ele revela que os cabelos não serviram para o exame porque deveriam estar com a raiz. Divina ameaça abandoná-lo se tentar fazer o exame de DNA novamente. O promotor diz a Patrícia que Rita mordeu a isca. O encontro entre ela e a catadora de lixo já foi marcado. O promotor afirma que tomará providências para capturá-la. Patrícia revela que também estará presente. A dançarina conversa ao telefone com Zeca. O presidiário afirma que se ela for presa, irá matá-la. No dia seguinte, Patrícia sai com o promotor. Rita se disfarça de catadora de lixo e encontra Franco. Firmina utiliza uma escuta e fica em contato com o promotor o tempo todo. De longe, Rita observa a mulher.

Capítulo 240, 02 de abril de 2012 – Rita percebe uma estranha movimentação. Ela se aproxima lentamente de Firmina, que se assusta ao vê-la. A dançarina convence a catadora a se afastar um pouco para que possam conversar mais reservadamente. O promotor monitora tudo ao lado de Patrícia. Rita tenta convencer Firmina de que ela não estava no cativeiro. Ela decide contar toda sua história para comover a mulher. Zeca diz a um colega de cela que Rita vai tirá-lo da cadeia. A dançarina oferece dinheiro para a catadora de lixo, que não aceita. O promotor pede que Firmina faça com que Rita confesse seus erros. A mulher fica tensa e olha para alguns carros que estão parados por ali. Rita percebe e pergunta se ela está gravando a conversa. O promotor pede que todos os seus homens fiquem atentos porque Rita já descobriu tudo. A dançarina corre o mais rápido possível. Patrícia sai do carro e consegue alcançá-la.

Marialice chora muito durante o enterro de Jorge. Margarida pede a ajuda de Francisco para marcar outra reunião com a turma do bolão. Mesmo a contragosto, ele afirma que vai tentar. Rita tenta fugir, mas Patrícia não permite. A mãe de Miguel tenta tirar algumas fotos de Rita vestida como catadora de lixo para mostrar tudo a Francisco. A bolsa de Patrícia cai no chão e alguns de seus pertences se espalham. O promotor e alguns homens chegam para separar as duas. Eles ajudam Patrícia a catar tudo do chão e a levam, enquanto Rita chora de raiva. Ela percebe que a carteira de Patrícia deixada no chão e decide pegar com um saco plástico para não deixar suas digitais. Carlos chega ao enterro, acompanhado por Grace. Ele vai tirar satisfações com Margarida, que sabia de tudo sobre os planos de Lucas. Ela tenta se justificar, mas o milionário não se convence. Os integrantes do bolão se aproximam, mas também não oferecem apoio a Margarida. Ela começa a chorar e Valdisnei decide levá-la. Rita entrega a carteira de Rita para Franco. Ela pede que o objeto seja deixado ao lado do corpo de Firmina. Ernesto pensa em Jaqueline e fica emocionado. Ele decide entrar em contato com uma agência de viagens para saber o preço da passagem para Buenos Aires. Rita chega ao enterro, ainda vestida como catadora de lixo. Ela diz que se disfarçou para encontrar Firmina, mas se faz de vítima.

Rita mente que encontrou Patrícia e o promotor conversando com a mulher no local. Francisco acredita que a mãe de seu filho está subornando Firmina. Welligton liga para Cacau e conta que está perdendo na luta contra as drogas. Depois de lamentar por tudo, ele chora e desliga o telefone. Patrícia aparece no enterro. Francisco se irrita e tenta expulsá-la. Antes que a situação piore, Adalberto leva Patrícia para fora do local. Um homem armado vai até a casa de Firmina, mas não a encontra. Ele confere a carteira de Patrícia em seu bolso e fica por ali. Marialice desmaia quando o caixão de Jorge é levado. Rita fica sabendo que a casa de Firmina está desprotegida e decide ligar para Patrícia. Ela exige que as duas se encontrem com Firmina, caso contrário, Miguel poderá sofrer as consequências. Sem saída, Patrícia aceita. Firmina é baleada pelo homem que a aguardava em sua casa. Ele deixa a carteira de Patrícia perto do corpo. Marizete encontra em seu quarto o colar que havia desaparecido. Ela exige que Marta fale a verdade, mas José assume o roubo. Patrícia fica chocada ao ver o corpo de Firmina.

Capítulo 241, 03 de abril de 2012 – Curiosas, algumas pessoas se aproximam do corpo de Firmina. Patrícia se diz inocente, mas todos a olham acusatoriamente. Ela decide correr e vai para seu carro. Chorando, ela liga para o promotor e conta que a catadora de lixo foi morta. Franco liga para Rita e conta que Firmina foi eliminada. Ele cobra seu pagamento. Policiais se aproximam do corpo da catadora de lixo. Eles encontram a carteira de Patrícia que foi deixada no local. Dila diz a Regina que vai apoiá-la durante sua fuga. Policiais vão até a casa de Patrícia para levá-la na delegacia. Ela resiste à prisão e acaba sendo algemada. Miguel chora bastante. Dila e Lucia temem pelo plano de fuga de Regina, mas afirmam que já é tarde para desistir. Guilherme diz a Francisco que Patrícia foi presa sob a acusação de assassinato. Rita tenta envenená-lo contra a ex-namorada. Nelize, Edmundo e Marcolino se sentem incomodados. O milionário decide buscar Miguel. Lucia e Dila tentam evitar, mas Francisco leva o filho da casa de Patrícia. Rita liga para Zeca, o presidiário, e conta que Firmina foi morta. Regina e Patrícia ficam na mesma cela. A jovem conta que caiu em uma armadilha de Rita e chora nos braços da mãe. Nelize fica tensa ao ver Miguel nos braços de Rita. Ela convence a dançarina de que precisa colocar a criança no berço e Francisco concorda. Adalberto se irrita ao ouvir de Zizi que Patrícia matou Firmina. Ele grita, perguntando se existem provas e todos estranham. Juliana chora ao descobrir que sua amiga está na delegacia. Raimundo a conforta e os dois acabam se beijando. Patrícia fica arrasada ao imaginar que Miguel pode estar nos braços de Rita. Regina diz à filha que vai fugir durante a madrugada e a chama para acompanhá-la.

Capítulo 242, 04 de abril de 2012 – Patrícia se nega a acompanhar Regina durante a fuga. Dila se disfarça e entra na delegacia acompanhada por um homem. Ela arma um escândalo e atrai a atenção dos policiais, que são obrigados a segurá-la. Sete homens entram na delegacia, armados, e rendem todos os policiais. Alguns deles vão em direção a cela de Regina. Emocionada, Patrícia diz que não vai fugir. Antes que Regina vá embora, as duas se abraçam. Na porta da delegacia, Regina fica paralisada e pede que todos esperem. Ela volta para a cela e diz a Patrícia que nunca vai abandoná-la. As duas se abraçam chorando bastante. Exausto, Carlos circula pela cracolândia. Levando uma foto de Welligton, ele pergunta às pessoas se alguém viu o filho adotivo. Rita entra no quarto de Miguel e o observa dormindo. Muito séria, ela estica as mãos em direção ao bebê bem lentamente. Quando está bem próxima, Miguel acorda chorando e Francisco entra no quarto. Ele percebe que o filho está com fome e também precisa trocar as fraldas. O milionário sai para buscar a mamadeira e deixa Miguel sozinho com Rita.

Atraída pelo choro, Nelize entra no quarto. Ela é firme e pede que a dançarina desça para ajudar Francisco. Quando fica sozinha, a mãe adotiva de Edmundo e Marcolino diz ao bebê que vai protegê-lo. Raimundo acompanha Juliana em mais uma visita a clínica em que Lucas está internado. Francisco fica sabendo o que aconteceu na delegacia e não entende por que Regina desistiu da fuga. Ao descobrir que seus irmãos foram visitar Patrícia, ele decide ir até a delegacia para repreendê-los. Francisco adentra a sala em que Edmundo e Marcolino conversam com Patrícia. Furioso, ele começa a acusar a filha de Regina e exige que seus irmãos vão embora. Os dois se negam a acompanhá-lo. Irritado, ele sai batendo a porta. Adalberto discute com Rita e a culpa pela morte de Firmina. Ele afirma que é mais esperto do que parece e a dançarina fica com medo. Ela chora, mas Adalberto não se comove. Depois que Adalberto vai embora, ela desfaz o choro e diz a si mesma que o ex-mecânico não deve possuir prova alguma. Falsa, ela começa a chorar novamente e liga para Zizi. Rita afirma que foi acusada injustamente pelo próprio pai. Depois de uma conversa rápida, ela desliga o telefone. Irritada, Zizi diz a Guilherme que essa foi a gota d’água. Raimundo e Juliana visitam Lucas novamente. Perturbado, ele afirma que precisa sair para capturar Carlos e Regina. Lucas se descontrola e Juliana acaba deixando seu celular cair em cima da cama. Raimundo ajuda a contê-lo e decide ir embora com a jovem.

ANTEPENÚLTIMO CAPÍTULO: Capítulo 243, 05 de abril de 2012 – Raimundo e Juliana ficam surpresos ao ver Andrea no quarto de Lucas no manicômio. Os três vão conversar fora da sala e ela afirma que se fingiu de morta para conseguir pegar o Cleber mais fácil. Juliana xinga Andrea, Raimundo a questiona e afirma que ela é a assassina. Andrea pede calma, e diz que eles estão entendendo tudo errado. Andrea não aguenta as acusações e sai correndo para fora do manicômio. Juliana e Raimundo vão atrás dela. Andrea entra no táxi e Raimundo e Juliana iniciam uma perseguição atrás de Andrea. Eles vão por uma estrada deserta, e os dois conversam no carro. Juliana pergunta a Raimundo como ela conseguiu fazer aquilo com Lucas. Raimundo pergunta a ela se realmente Juliana acredita nisso e diz que está na cara que Andrea é o palhaço! Andrea fica desesperada e diz que eles não podem lhe pegar. A perseguição fica mais intensa e Andrea corre para que eles não a peguem. Raimundo diz que o palhaço apenas apareceu após que Andrea morreu. Ela matou Augusta, matou Jorge, e agora se prepara para matar mais alguém. Raimundo e Juliana passam em um farol vermelho e quase batem o carro. Andrea continua fugindo no carro e eles continuam atrás. Juliana consegue conversar com Andrea e pede para ela encostar. Eles conseguem encostá-la em um canto e Raimundo a ameaça e diz que ela é o palhaço assassino. Andrea diz que pode explicar. Raimundo diz que é ótimo ela ter uma explicação muito boa.

Andrea vai até o apartamento de Lucas e diz que só se fingiu de morta para tentar matar o Cleber, diz que precisava se afastar de Lucas, Raimundo diz que a Andrea meteu o Lucas dentro de uma camisa de força. Andrea diz que , além disso, todos estavam correndo risco. Pergunta a Raimundo se ela compra a diginidade dela com 100 milhões. Juliana diz que não acredita que ela seja assassina mas o que ela fez com Lucas ela diz que isso é crime. As duas começam a discutir. Andrea diz que aproveitou o acidente e disse que seria assim mais fácil fazer com que Lucas o esquecesse e diz que tudo o que ele fez é amor. Juliana e Raimundo dizem que não acreditam em uma palavra do que e decidem chamar a polícia. Andrea reluta, e pede que eles chamem o pessoal do bolão lá na casa dele. Adalberto continua defendendo Patrícia para Roseli e Severino. Ele diz que é só uma questão de justiça. Ele diz que não acredita que a Patrícia possa ter cometido esse assassinato e diz que a história está muito mal contada. Severino diz que ele não consegue enganar a eles. Enquanto isso, Zizi e Guilherme chegam ao Cantinho do Severino e diz chama ele de verme e diz que ele feriu Rita e pergunta como ele pode fazer isso à própria filha. Adalberto diz que a Rita não é quem eles pensam. Zizi ameaça matar Adalberto. Ele diz que tem razões para dizer que Rita sequestrou Patrícia e fez coisa muito pior. Zizi o ameaça com uma faca e o questiona sobre o presídio. A Rita, se realmente tiver culpa no cartório, ela tem que estar lá.

Zizi diz que Adalberto está mancomunado com Regina. Adalberto diz a ela que algum dia ela vai saber quem realmente é a Rita, e que teme por que ela sofra muito. Zizi insiste na história de Regina. Adalberto diz que só fez um trato com ela para salvar as duas da cadeia. Zizi ofende Adalberto, larga a faca e diz que Adalberto é uma decepção. Todos ficam de cara, Severino, Valdisnei e Roseli questionam e ele diz a verdade: acredita que seja feita a justiça. Francisco e Rita estão conversando. E ela diz que a culpa de Marcolino e Edmundo terem ido na prisão visitar patrícia é da Nelise. E que ele ama demais os dois, mas que Patrícia envenenou os dois. Rita pede calma, e diz que mais cedo ou mais tarde eles vão perceber a insjuiçã que eles estão fazendo com ela. Ela cojita a separação dos irmãos. Os dois se acariciam e Francisco diz que ama muito e admira demais a Rita pela força que ela tem, pela disposição que ela tem que nunca acaba. Ela diz que o ama demais também, mais do que a própria vida. O celular de Francisco toca. É Raimundo, ele chama Francisco e os outros para uma reunião. Francisco estranha, mas aceita a reunião. Raimundo desliga. O tempo passa, todos do bolão estão no apartamento de Lucas. Andrea pede perdão, Margarida a acusa e Francisco a defende. Carlos também.

Severino diz que sabe tudo o que Andrea passou, mas que forjar a própria morte é muito suspeito. Carlos a defende, mas diz que agora todos podem ser suspeitos. Todos acusam Andrea de ser a assassina do bolão. Severino diz que não se surpreende mais, e que o sofrimento endurece o coração da gente. Margarida e Andrea brigam. Francisco diz que não tem nada a ver com tudo isso. Margarida aproveita a chance para dizer que ela merece uma segunda chance. Andrea afirma sua inocência. Rita é acusada por Nelise, Edmundo e Marcolino. Nelise diz que é impossível respeitar uma assassina, Rita diz que não vai embora e que não vai embora e que a Patrícia vai continuar na cadeia e ela vai continuar livre. Patrícia e Regina se despedem. Regina será transferida da delegacia para o presídio. As duas choram muito e Patrícia diz que é diferente de Regina, que não é como ela e que busca o caminho certo, a verdade, a justiça e quer ter caráter sempre não só quadno é conveniente. Eu quero um mundo melhor para o Miguel. Regina diz que só foi isso que ela sempre quis para ela e sua irmã. Patrícia diz que o mundo não é perfeito e diz que as coisas tem que ser como são. Regina diz que a ama muito e as duas choram muito. Patrícia diz que a ama muito também a pesar de tudo e diz que ela será para sempre a sua mãe. As duas se abraçam muito forte e a carceireira pede para ir. O julgamento de Rita e Patrícia acontece.

Vinícius, Francisco, Marialice e Zizi assistem e comentam o que está acontecendo. Juliana, Lucia e Nelise comentam a pena que sentem de Patrícia. Adalberto diz que Patrícia tem que ter muita força. Rita se exalta. O promotor pede que ela saia. Patricia diz que quer dizer tudo nos olhos da Rita. Ernesto e Divina conversam sobre o sequestro. Ernesto lembra do momento em que Francisco pediu para ele gravar uma confissão de Ivan na cadeia e ele descobriu. E diz que Ivan deu para falar muito mal de Rita no final, quando estava no presídio. Ernesto lembra da conversa e conta a Divina. Ivan diz que não vai matar ele por que vai continuar vivo. Ele pede para apagar o papo sobre o Cleber, e ai ele disse que agora ele iria perguntar sobre a Rita. Ivan confessa que foi a Rita que mandou para sequestrar a Patrícia. Divina diz que ainda bem que Ernesto não foi testemunhar. Os dois saem para trabalhar. Promotor pergunta a Patrícia se ela acredita que Rita realmente agiu por paixão. Patrícia afirma que sim. Os promotores continuam a questioná-las. Ela diz que não matou a Dona Firmina. Ela conta que Rita a ligou e disse tudo o que sabe. Andrea visita Regina na cadeia. As duas conversam e se provocam. Regina tenta dizer que não teve escolha. Ela conta a ela que fez o que fez por que o Cleber iria matar suas filhas. Andrea diz que não foi só ter sabotado o táxi, foi ter mentido para ela. Regina se faz de vítima e Andrea vai para cima dela e uma carceireira a protege. Regina diz que a entende e diz a ela que está feliz que ela esteja viva. Andrea diz que as grades da prisão a impedem de se vingar de Regina.

Guilherme pergunta a Patrícia se Cleber ajudou a incriminar Rita. Patricia diz que sim, mas se defende e diz que não teve nada a ver com isso. Juiz dá continuidade ao julgamento. Patrícia diz que sente ciúme sim, e Guilherme pergunta por que ela mudou o seu depoimento. Patricia diz que escutou a voz de Rita sim, e que recuou por que não tinha provas, e por que sua mãe errou muito ao tentar provar que Rita era assassina. E que ela queria muito reconquistar a amizade do pai do filho dela. Patrícia diz que está falando a verdade. Patrícia diz toda a verdade. E que cometeu muitos erros, mas que o filho dela é o maior acerto. A Rita já a ameçou várias vezes. Todos ficam exaltados no tribunal. O juiz pede ordem. Patricia é tida como inocente e diz que Patrícia pode voltar para a carceragem e Rita é dada como inocente. Ernesto vai buscar o exame de DNA e tem certeza de que Jaqueline é sua filha. Ernesto pega o exame e abre com vontade. O julgamento de Rita continua. Ele chama José Carlos da Silva Pereira. Guilherme tenta deferir, mas não é aceito. Todos ficam confusos. Rita fica apavorada. Adalberto reconhece o Zeca. Juiz pede a todos silêncio e faz a testemunha jurar por falar a verdade. O juiz pergunta a ele se conhece alguém na sala e ele mente dizendo que não. O juiz coloca algumas gravações de Rita conversando com ele. Adalberto se mostra satisfeito. Rita fica preocupada e todos surpresos. Francisco se levanta e o juiz ameaça ele pela prisão. Guilherme tenta defender Rita. Adalberto é quem está por trás das armações. O promotor de Patrícia diz que a situação de Zeca estará muito complicada. Zeca responde que matou Ivan a mando de Rita. Ele diz que Ivan estava na sala ao lado. Ela quis eliminar Ivan por que ele queria entregar ela por causa do sequestro. Rita prometeu ao Zeca que se ela tirasse ele daquele lugar.

PENÚLTIMO CAPÍTULO: Capítulo 244, 06 de abril de 2012 – Ernesto fica triste ao saber que Jaqueline não é a sua filha. Divina almoça com Severino, Daniel e Jacqueline e diz se sentir orgulhosa pelo filho ter sido escolhido para jogar na Europa. Rita participa do julgamento e é acusada de estar envolvida com a morte de Firmina e Ivan. O promotor a acusa de ter mandado Zeca assassinar Ivan na cadeia. Rita se defende, dizendo que é trabalhadora e honesta. Ela aproveita para dizer que Adalberto a colocou para fora aos 18 anos de idade, acusando-a de ser uma prostituta. O promotor diz que ela não cometeu os crimes por dinheiro, mas por um prêmio de carne e osso: Francisco. Rita acusa o pai de ser o assassino do bolão. Francisco diz não saber mais em quem acreditar. A prisão preventiva de Rita é decretada e Zizi fica arrasada. Francisco pergunta a Rita se ela é culpada. A dançarina fica em silencia, sem conseguir responder.

Adalberto revela que já sabia que Rita era a mandante do sequestro de Patrícia. Zizi prefere não acreditar, enquanto Nelize volta a acusar Rita. Juliana comemora o resultado do julgamento. A sós, Francisco questiona Rita sobre o sequestro e os assassinatos. Ela assume a autoria dos crimes, mas afirma que fez tudo por amor a Francisco e vingança contra Regina. Francisco dá um abraço de despedida em Rita. Em casa, ele diz a Nelize que foi muito injusto com Patrícia. Patrícia chega a casa de Francisco e é recebida com um forte por Nelize, Edmundo e Marcolino. Patrícia encontra segura Miguel em seu colo e afirma que só conseguiu superar tudo por causa do filho. Nelize chama Francisco de filho e o aconselha a conversar com Patrícia. Patrícia agradece o apoio de Nelize, Marcolino e Edmundo. Nelize diz que abriu uma poupança para Marcolino, Edmundo e Miguel com o dinheiro que Jorge deu para ela afastar seus filhos de Francisco. Francisco pede desculpas a Patrícia, que diz: “Amar é não ter que pedir perdão”. Ela afirma que Francisco nunca a amou, apenas gostou muito dela.

Patrícia diz que está na hora de Francisco tirar o peso do mundo de suas costas e ser feliz. Ela alerta Francisco sobre as possíveis madrastas que ele pode escolher para Miguel. O rapaz faz o mesmo. Regina comemora a prisão de Rita. Ernesto chega ao restaurante e encontra Divina e sua família. Arrasado, ele chora diante de Jaqueline, que pergunta o que aconteceu. Zizi diz que não vai abandonar sua filha na cadeia, mas afirma que não tem como arrumar desculpar para o que Rita fez. Severino diz que vai ao cinema e seus filhos estranha a saída repentina do pai. Margarida se despede de Valdisnei, alegando que precisa ir à farmácia. Um policial liga para Carlos e diz que encontrou Welligton. O ex-policial se dirige ao local. Francisco diz que perdeu a Patrícia para sempre por causa de Rita. Ele acusa a dançarina de ser uma assassina. O assassino do bolão telefona para Francisco e marca um encontro no antigo estúdio de Jorge. As condições? O milionário deve ir sozinho. Divina descobre que Ernesto fez o exame de DNA. Carlos encontra Welligton. O ex-policial leva sua caixinha de ferro, grande segredo, para Welligton abrir. Adalberto e um companheiro misterioso vigiam Francisco, enquanto o milionário entra no estúdio. O palhaço fica frente a frente com Francisco e revela a sua identidade.

ÚLTIMO CAPÍTULO: Capítulo 245, 09 de abril de 2012 – Adalberto se aproxima do palhaço e Francisco fica assustado. Carlos revela para Welligton que é o seu verdadeiro pai. Em sua caixa secreta, ele guardava uma foto de Welligton bebê. O milionário faz de tudo para que o filho se conscientize e saia do mundo das drogas. Carlos ameaça Welligton, dizendo que se ele fumar a pedra de crack, ele também irá. Ernesto conta para Divina que é o pai biológico de Jaqueline. O resultado do exame de DNA deu positivo. Ele diz que ele e Divina nunca foram um casal, apenas bons amantes. Ernesto abre seu coração e conta o quanto gosta de Divina. Os dois percebem que a relação deles não dará certo e selam a amizade dançando tango. Edmundo, Marcolino e Nelize ficam preocupados com o paradeiro de Francisco. Valdisnei estranha a demora de Margarida. Jaqueline e Daniel não entendem por que Severino demora tanto. Os paramédicos chegam para socorrer Carlos. Pelo telefone, Welligton avisa que o pai passou mal. Cacau, Grace, Fátima e Edmilson correm para o hospital. Andrea conta para Lucas que precisa sumir do mapa e alerta o ex-motorista de van que Carlos não é o assassino da turma do bolão. Ele, porém, não acredita. Ela pede para ele ficar bem, e ele responde que ela é sua cura. Os dois se beijam.

Andrea promete voltar no último dia do pacto. No hospital, Welligton sofre enquanto Carlos passa pela cirurgia. Após algumas horas, o médico avisa que Carlos não resistiu e acabou falecendo. Welligton grita em sofrimento. Na casa de Severino, Ernesto e Divina contam para Jaqueline e Daniel que não estão mais juntos e que ele irá viajar para a Argentina para dar um rumo em sua vida. Já no velório de Carlos, Welligton, aos prantos, promete que irá se livrar do mundo das drogas. Ele recebe o apoio de Fátima e de toda a família. Andrea chega ao velório de Carlos e é acusada por Patrícia e outros de ser a assassina. Ela, porém, diz apenas que quer se despedir de seu amigo. Zizi e Adalberto conversam com Rita na prisão. A doceira diz que o ano ficará marcado pelas tragédias. Por outro lado, reconhece a mudança de Adalberto. Ele diz que quer continuar ao lado da mãe de Rita, que diz que não estar preparado para viver a vida de casada novamente. Zizi se lamenta por não ter conseguido proteger Rita, achando-se culpada pelo destino da filha. A dançarina diz que sempre só quis ter a mesma vida que Patrícia teve, mas se viu presa em uma bola de neve. Os três prometem começar tudo do zero assim que Rita deixar a cadeia.

Ao saber da morte de Carlos, Daniel vai até o velório para confortar Welligton. Fátima diz que teria dado o dinheiro do bolão para livrar Welligton do crack. Zé e Fifi têm filhotinhos e viram a sensação da casa. Na cadeia, Rita e Regina se confrontam no pátio. As duas trocam acusações e, logo em seguida, puxões de cabelo. Elas vão para o chão e brigam para valer. Os guardas demoram a aparecer, mas separam as duas. Como Severino não voltava, Ernesto ficou na casa com Divina, Jaqueline e Daniel durante um mês. Os filhos de Divina dizem que gostaram da presença dele na ausência do pai. Chega o dia final do prazo do pacto. Todos se reúnem no Cantinho do Severino à espera de alguém aparecer. Lucas aparece, já fora da loucura, e pede desculpas a Welligton e Grace. Ele diz que já faz um mês que não vê Andrea e recusa a ideia de ela ser a assassina. De repente, todos ouvem a risada do palhaço assassino, que entra no restaurante. Ele tira a máscara. É Severino. Depois entram mais dois palhaços, que após tirarem a máscara são revelados como Francisco e Margarida. Logo em seguida, entram mais três palhaços: Jorge, Andrea e Augusta. Tudo não se passava de um plano de Adalberto, que estava preocupado com as ameaças de Regina. De acordo com ele, se todos os integrantes da turma do bolão que estivessem cumprindo sua missão morressem, suas vidas estariam a salvo. No final das contas, todos comemoram o retorno de seus entes queridos. Francisco diz que o dinheiro será dividido igualmente entre todos da turma do bolão. Um brinde encerra o capítulo de forma emocionante. Fim.

O resumo da novela Vidas em Jogo foi divulgado pela Rede Record e está sujeito a alterações de acordo com a edição.

O que achou do final da novela Vidas em Jogo? Não deixe de comentar! Quer relembrar o que acontece no início da novela? Acesse o resumo dos primeiros capítulos de Vidas em Jogo!

Compartilhe: