A novela “Porto dos Milagres” é exibida pelo canal Viva. Os capítulos vão ao ar de segunda a sábado, às 15:30hs com reprise no dia seguinte, às 0:00hs. Veja a seguir o que vai acontecer nos próximos capítulos.

Capítulo 37, 25 de Março – Augusta nem se move. Genésia acorda calmíssima e não se lembra de nada, muito menos das pitombas. Guma sonha com Lívia transmutada em Iemanjá. Esmeralda se rói de ciúmes. Venâncio aplaude o visual de Amapola. Os meninos na praia jogam coquinhos em Leontina. A chave da igreja está no chão do quarto de Genésia, que encontra-a e guarda. Começa a cerimônia no terreiro de mãe Ricardina. Na casa de Félix e Adma, chegam os primeiros convidados. Lívia finge passar mal e Dulce se prontifica a levá-la ao consultório de Rodrigo. Alexandre fica dividido, mas a mãe insiste que o pai quer que ele fique o tempo todo ao seu lado. Augusta acorda e vai para a igreja e fica indignada ao saber que perdeu tudo. Invade a festa de Félix e afronta Adma inquirindo-a como começou uma festa sem a sua presença.

Veja também o resumo de outras novelas do Viva:

Veja também o que vai acontecer nas outras novelas na página ‘Resumo das Novelas

Capítulo 38, 26 de Março – Adma expulsa-a da festa. Augusta ainda tenta contestá-la, mas a anfitriã usa a força e acaba arrancando as mangas do vestido da convidada. Oswaldo leva Augusta embora. Mãe Ricardina, vestida como Iemanjá, sai da camarinha seguida por Guma, que se torna ogã. Lívia olha extasiada. Vênus e Serena fofocam a decadência da líder. Rodolfo se preocupa com o estado de Leontina e promete levar Lívia para encontrá-la. Félix manda o filho ir atrás da namorada. Dulce quer ir embora, mas Lívia prefere ficar. Ao perceber que a noiva foi para o terreiro, Alexandre manda Eriberto juntar uns homens e segue para lá, disposto a arrumar confusão. Guma senta na cadeira assumindo o lugar de honra. Lívia se assusta com a chegada de Alexandre.

Capítulo 39, 27 de Março – Os homens resolvem proteger Ricardina, menos Jacques que fica distante. Os capangas fazem um círculo em torno de Alexandre. Os convidados de Félix olham extasiados a queima de fogos. Alexandre quer levar Lívia à força. Guma interfere, mas ela pede que ele fique de fora da confusão. O casal sa, mas Iemanjá manda Guma dar uma lição no moleque. Nas ruas do cais, Alexandre e Guma brigam. Quando vê que está perdido, Alexandre manda os homens de Eriberto interferirem. Guma é imobilizado e os pescadores ficam sob a mira de uma arma. Lívia coloca o seu corpo para proteger o pescador e o noivo desiste. Guma é levado em delírio pelas ruas do cais. Esmeralda desafia Ricardina e os santos, que mandam que ela se afaste de Guma. Lívia termina tudo com Alexandre e avisa que vai para o Rio. Ele jura para si mesmo com muito ódio se vingar de Guma.

Capítulo 40, 28 de Março – Alexandre chega chutando tudo e os pais querem saber o que aconteceu. Esmeralda tira do pescoço a sua guia. Uma brisa faz Lívia sair de casa e encontrar Guma. Os dois se beijam, para choque de Esmeralda. Alexandre esbraveja e Félix adia a conversa para a manhã seguinte, apesar dos protestos de Adma. Eriberto escuta tudo escondido e resolve contar o ocorrido. Lívia vai ao encontro de Leontina e as duas se abraçam com muito amor. Guma é só felicidade na hora de sair para a pescaria. Félix fica com ódio de Guma. Basta ouvir o nome do prefeito que Genésia soluça. Luiza pede que Fred esqueça-a, mas depois sofre nos braços da mãe. Félix manda que Eriberto não compre peixe de mais ninguém. Os pescadores ficam atônitos. Guma questiona Eriberto para saber se foi por causa da briga.

Capítulo 41, 29 de Março – Eriberto desfeiteia os pescadores e vai embora sem comprar nada. Jacques se coloca mais uma vez contra os colegas. Guma insiste na idéia da cooperativa. Babau se preocupa porque Esmeralda está cada vez mais parecida com a mãe. Leontina desanima de enfrentar Augusta quando Lívia conta que vai para o Rio e a jovem acaba adiando a partida. Ondina fica revoltada com a atitude dos patrões e enfrenta Adma, que tripudia. Dulce e Rodrigo ajudam Guma a convencer os pescadores sobre a cooperativa. Guma distribui os peixes para o povo e depois decide ir falar com o prefeito sobre a cooperativa. Socorrinho e Genésia brigam como sempre. Félix é duro com o filho e acha que ele errou. Ele manda Alexandre mudar de atitude com Lívia, bancar o compreensivo e gentil. O prefeito diz que recebe o pescador, mas não o reconhece como líder.

Capítulo 42, 30 de Março – Adma estranha como os caminhos de Alexandre e Guma vivem se cruzando. Guma e Félix se encaram. Leontina entra em casa e se enche de recordações. Guma quer saber se Félix vai voltar atrás na sua decisão. O prefeito quer que ele implore. No impasse, o pescador vai embora sem falar na cooperativa. Guma, na saída, olha o retrato de Bartolomeu. Lívia avisa sobre a chegada de Leontina e proíbe Augusta de perturbá-la. Oswaldo fica maravilhado com a presença de Léo e os dois se abraçam, carinhosamente. Eriberto ouve escondido a reunião de Guma com os pescadores. Alexandre procura Lívia, mas Rodolfo avisa que não é o momento. Lívia entrega o cheque para a tia. Félix se surpreende com a cooperativa e planeja mais coisas com Eriberto. Guma quer alugar um caminhão frigorífico em Serro Azul, mas se assusta com o preço. Dulce promete conseguir o dinheiro.

Capítulo 43, 01 de Abril – Alexandre se tranqüiliza ao saber que Lívia vai ficar mais uns dias na cidade. Leontina não quer aceitar o dinheiro. Félix manda Eriberto quebrar a crista de Guma. Oswaldo impede que Augusta roube o cheque de Leontina. Judith cobra do marido uma posição solidária com os colegas e ele reage. Ricardina recebe Iemanjá de frente. Guma é cercado pelos homens de Eriberto, que usam paus e cassetetes. Iemanjá surge e manda que eles soltem o pescador. Os agressores não obedecem e com um gesto a entidade os arremessa longe. Ricardina tem certeza que Guma foi prometido pela mãe à Rainha do Mar e manda que Rufino esteja sempre com Guma para protegê-lo. Leontina aceita o dinheiro se for para ela e a sobrinha gastarem juntas no Rio. Augusta convence Lívia a descontar o cheque direto no banco. Félix fica furioso com Eriberto.

Capítulo 44, 02 de Abril – Eriberto sai pisando duro do escritório de Félix e deixa claro que só agüenta tudo por Adma. Otacílio não empresta o dinheiro para Dulce. Augusta fica cara a cara com Leontina: humilha-a e deixa-a chorando. Esmeralda se coloca na frente de Lívia para dizer que os capangas de Félix bateram em “seu” noivo. Rita dá notícias de Guma para Lívia. Vênus ,Serena e Genésia surpreendem os sussurros de Socorrinho e Alfeu atrás do balcão e a confusão se forma. Lívia larga a bolsa com dinheiro em cima de um móvel. Amapola passa um pequeno sermão na cunhada, mas empresta o dinheiro. Rodrigo comunica que não vai ser possível alugar o caminhão, quando Dulce chega com o cheque. Todos comemoram a boa notícia.

Capítulo 45, 03 de Abril – Dulce avisa que o benfeitor pediu sigilo. Otacílio se sente apunhalado pelas costas por Amapola. Rita percebe a gravidez de Judith, que pede que ela nada fale ainda. Rodolfo olha com interesse a bolsa com dinheiro. Lívia manda Augusta deixar Leontina em paz até a viagem delas. Guma, Rufino e Esmeralda saem para ver a lua. Guma e Lívia se encontram e se despedem. Félix promete a Alexandre conseguir que Lívia não vá embora em três dias. Guma desiste de ir olhar a lua e Esmeralda fica furiosa. Augusta pega o envelope de dinheiro e acha um desperdício que ele vá para as mãos de Leontina. Rodrigo quase beija Dulce, mas foge. Jacques briga com Judith por causa da cooperativa. Augusta desce para o jantar toda alegre. Félix não gosta da reação de Adma quando ele avisa que Alexandre vai assumir a fábrica. Lívia descobre que o dinheiro sumiu.

Capítulo 46, 04 de Abril – Lívia acha que foi Augusta, embora Leontina não acredite. Rodolfo pede que Quirina avise a todos que ele saiu e não tem hora para voltar. Augusta nega e fica surpresa ao saber que o dinheiro desapareceu. Félix pressiona Adma para saber porque ela rejeita Alexandre e o filho escuta tudo. Ambos ficam abalados quando ela confessa que sente ciúmes do rapaz e que só vê os seus defeitos. Alexandre desafia a mãe e garante que vai mostrar a sua força. Augusta não deixa ninguém sair da sala até a chegada do filho. Rodolfo bebe no Farol das Estrelas. Haidê recebe uma carta de Selminha Aluada avisando que vai voltar. Os amigos temem a reação de seu irmão Rufino. Amapola e Otacílio se exercitam juntos na esteira. Fred tenta reatar o namoro, mas Luiza não aceita. Félix decide não fazer nada contra os pescadores, por enquanto. Adma humilha Eriberto. Adma encara o marido, ainda aborrecido com ela.

Capítulo 47, 05 de Abril – Adma e Félix fazem as pazes; Alexandre observa. Rufino fica perturbado quando Haidê lhe mostra a carta de sua irmã Selminha. Jacques discute com Judith e Paçoca ouve tudo. Ondina consola Alexandre. Jacques vê Judith chorando e se arrepende. Fred sofre ao pensar em Luiza. Ela chora no colo da mãe, que garante que ela fez a coisa certa. Os pais de Fred sentem pena do filho, mas têm certeza que é bom que ele não se envolva com alguém do cais. Paçoca conta a Ondina que seus pais têm brigado. Rita sente forte emoção ao saber que Selminha vai voltar para Porto dos Milagres. Adma recebe carta anônima com foto de D.Coló e desconfia de Eriberto. Rodolfo chega em casa, e todos passam a se acusar mutuamente até que Lívia encerra a discussão. Dulce dá o dinheiro a Guma. Lívia pede a Leontina que fale sobre sua mãe.

Capítulo 48, 06 de Abril – Oswaldo acusa Augusta de ser a culpada pela morte de Laura. Leontina conta a Lívia sobre seus pais, mas não esclarece tudo. Félix pega o envelope com o dinheiro que mandou Eriberto roubar e saboreia o plano que elaborou para que Lívia fique mais tempo na cidade. Amapola se irrita ao encontrar o ABC de Rosa Palmeirão em seu armário. Otacílio acha um recorte de jornal com a foto de Rosa e se emociona. Ondina se preocupa ao saber que Jacques anda recolhendo o contrabando. Dulce insiste com Rodrigo que se abra com ela, mas ele lhe pede paciência. Rita e Haidê conversam sobre Selma. Socorro, Alfeu e Genésia brigam; e Epifânia, tentando separá-los, passa mal. Adma vai ao encontro de Amapola para falar sobre a carta. Guma chega na cidade com o caminhão e é saudado por todos. Adma é seguida por um homem e atacada, mas Rosa Palmeirão chega na hora.