Assista ao vídeo do capítulo 11 de Sansão e Dalila – Exibido em 21/03/2016

0

A novela Sansão e Dalila é uma produção bíblica brasileira, produzida e exibida pela Rede Record. Atualmente, a trama é reprisada pela emissora nas noites de segunda a sexta-feira às 20:30h. O folhetim conta a história de Sansão, um homem escolhido por Deus para ter uma incrível força física, para conseguir libertar o povo de Israel que vivia dominado pelo Filisteus. As coisas podem se complicar quando Sansão se apaixona por Dalila, uma filisteia fiel ao seu povo. A seguir você pode ler o resumo do que aconteceu e assistir o vídeo com os melhores momentos do capítulo 11 de Sansão e Dalila, exibido nessa segunda-feira, 21 de março:

Capítulo 11 de Sansão e Dalila – Sansão se reúne com Manoá e os anciãos da vila para discutirem o destino de Jidafe. Myra e Jana conversam sobre Aron até que Dalila entra na sala e diz ser a nova protegida do soberano. Ela reage satisfeita ao ver Jana sair sorrateiramente. Sansão e os anciãos decidem iniciar os julgamentos do povo. Jana caminha pela rua, enquanto Dalila a segue. Jana entra em uma casa bem simples. Dalila vai atrás e se surpreende ao ver um senhor bem idoso. É Aliã, pai de Jana. Ele estende a mão para Dalila e pergunta sobre seus pais. Ela diz que não tem e o senhor pergunta sobre a crença que tem em Deus. Yunet e Myra combinam de marcar um encontro com Aron na mesma hora para saber se ele mente. Jana explica que é hebreia e que tem medo que Abbas descubra. Dalila fica emocionada com a forma como Jana cuida de seu pai. Samara pede a Héber que a informe sobre o julgamento de Jidafe. Sansão julga os casos em seu povo, até que manda trazerem Jidafe. O julgamento se inicia. Os anciãos tentam impedir que Jidafe fale, mas Sansão permite que ele tente se defender. Abbas tortura Cário. Dalila caminha pelo jardim, até que chega num local onde Aron está junto de outros soldados. Ela pede para que o soldado a leve até Cário. Sansão se aproxima de Jidafe, diante da expectativa de todos. Ele anuncia que já tomou sua decisão. Sansão o absolve. Héber vai até Samara para contar-lhe o desfecho do julgamento. Ela fica feliz e se afasta. Héber ainda se declara, mas ela não ouve. Aron leva Dalila até a cela de Cario. Ele está muito machucado e ela cuida de seus ferimentos. Myra e Yunet estão tristes e descobrem que Aron não apareceu para o encontro com nenhuma das duas. Dalila passa por elas e se aproxima de Jana que está arrumando suas roupas. Dalila diz para Jana ficar, pois ela não a entregará. Myra e Yunet se aproximam. Dalila pede a ajuda de todas para salvar Cário. Sansão está em um momento de descontração com Gadi até que Jidafe chega. Ele pede perdão à Sansão, que aceita suas desculpas. Zilá está à beira da cama, rezando, sob o olhar carinhoso de Manoá. Ele parece fraco, como se seus olhos fossem fechar. Ele fala emocionado sobre Sansão. Manoá fecha os olhos, devagar e sua esposa fica desesperada. Inarus dá autorização à Abbas para que busque reforço em outros povoados para abaterem Sansão. Sansão está próximo ao pai. Zilá observa, chorando bastante. Manoá pede que sue filho liberte o povo hebreu das mãos dos inimigos filisteus. Sansão assente e logo em seguida, Manoá morre. Dalila e Jana procuram a feiticeira que deu o veneno para Tais. A mulher traz para Dalila um frasco com um líquido prometendo que o sofrimento acabará. A feiticeira orienta Dalila para que misture o líquido na água. A pessoa entra em sono profundo. Só sol a desperta. Aron vai até a cela de Cário e acha que ele está morto. Depois, vê-se o corpo de Cário enrolado em um manto escuro perto do mar. O manto se abre e o jardineiro sente o sol em seu rosto. Quando abre os olhos, Dalila está sorrindo, olhando para ele. Abbas pergunta se Aron jogou o corpo de Cário no mar sem ser visto. O soldado assente. Cário fica na casa onde está hospedado Aliã. Jana cuida de seu pai. O homem pergunta novamente sobre os pais de Dalila e ela decide contar sua história. Sansão, Jidafe e outros homens carregam o ataúde de Manoá. Zilá e outras mulheres caminham na frente deles. Aron avisa para Myra e Yunet, em momentos diferentes, que está de partida para convocar homens para se aliarem ao exército filisteu. Zilá deixa uma última flor no local em que foi colocado o corpo de Manoá. Todos se retiram e Sansão agradece a seu pai pela honra de ser seu filho. Aliã aconselha Dalila. Pede que volte a seu povoado e faça as pazes com sua mãe.

Quer saber o que vai acontecer nos próximos capítulos? Acesse a página com o Resumo da Novela “Sansão e Dalila”

Você ama essa novela? Compartilhe!