Assista ao vídeo do capítulo 92 de Querida Inimiga – Exibido em 23/03/2017

0

Querida Inimiga é uma novela mexicana inédita produzida pela Televisa e exibida no Brasil pelo SBT. A trama acompanha a história de duas amigas, Lorena e Sara. Porém, a ambição de Sara a transformará na maior inimiga que Lorena poderia ter. A seguir, assista ao vídeo do capítulo 92 de Querida Inimiga:

Capítulo 92, Quinta-Feira, 23 de março de 2017 – Sara grita a Lorena que Alonso lhe pertence, esta lhe diz que ele só sente desprezo por ela, Sara se prepara para atacar Lorena, mas é detida pela voz de Hortência. As três se acusam, Sara as insulta até que Hortência fica farta e lhe dá uma bofetada. Sara adverte a Lorena que fará sua vida impossível, esta se desespera e a agarra pelos cabelos para dizer que ela é quem eles vão ver atrás das grades. Bruno repreende Sara por ter ido brigar com Lorena, ela confessa ter tentado assassinar Hortência duas vezes, o que fica gravado na câmera que Ernesto escondeu. Ernesto pega a câmera e é flagrado por Fafy, quem lhe pergunta o que está acontecendo. Ernesto inventa que é para gravar um vídeo para seus sobrinhos, mas Fafy não acredita. Sara propõe a Bruno adulterar o vinho que vão dar para Fafy. Ernesto confessa a Fafy que colocou a câmera para gravar Sara. Bárbara lê a carta de Lalo, Vasco a vê chorar, percebe que não se esqueceu de Lalo e que amadureceu. Ernesto comenta que tantos agentes são demais, Fafy não quer se arriscar com Sara e lamenta por sempre ter comprado o amor, este o apoia e recomenda que ele não tome nada que Sara lhe der. Lorena conta que quando Juliano estava se embebedando conheceu Tonho, quem é falsificador e conhecia Lalo e Sara, Joel pergunta se Lorena supõe que foi ele quem falsificou os documentos do convento, ela diz que sim. Hortência pergunta se podem usar isso para processar Sara. Bruno e Sara chegam na mansão e se encontram com os guardas, um deles quer passar um detector de metais neles. Sara procura Fafy. Sara fica inconformada com a presença dos guardas, Fafy finge que é só para teste. Bruno leva o vinho, Fafy se recusa a tomá-lo. Sara insiste para Fafy beber, mas ele não cai na armadilha e vai dormir. Na manhã seguinte, ela acorda e se encontra com o cadáver de Fafy, quem morreu sem que ela provocasse.

Mais conteúdo de Querida Inimiga


Você ama essa novela? Compartilhe!