A Escrava Isaura: capítulos da novela – Resumo do que vai acontecer

30

A Escrava Isaura é uma novela que foi produzida pela Record em 2004 e atualmente é reprisada pela emissora no horário das 19:30hs de segunda a sexta. A trama é uma adaptação do romance de Bernardo Guimarães, e narra a história de uma escrava branca que será vítima da paixão doentia do filho do seu senhor. A seguir você pode ler o resumo dos próximos capítulos da novela “A Escrava Isaura”:

Capítulo 36, 27 de fevereiro (Segunda-feira) – Miguel despede-se de Violeta. Helena diz a Gabriel que são irmãos. Diogo consola Helena. Flor-de-Lis conta a Martinho sobre a fuga de Isaura. Leôncio manda armar os funcionários da fazenda. Leôncio pega na chibata para castigar Isaura. Leôncio rasga a roupa de Isaura. Belchior consola Isaura. Sebastião vai à fazenda de Leôncio. Miguel pede armas a Tomásia. Gabriel desmaia. Bernardo vai para o garimpo. Francisco prepara-se para chicotear Isaura. Leôncio arrepende-se. Violeta bate em Flor-de-Lis. Começa o ataque à fazenda de Leôncio. Miguel decide entrar na casa grande onde Leôncio está com Isaura. André luta com Raimundo. Miguel é ferido. Henrique envolve-se com Leôncio. Isaura foge. Rosa segura Isaura. Isaura encontra Miguel que está sem forças para fugir. Belchior leva a carruagem para Isaura e Miguel fugirem. Martinho encontra André. A Milícia chega à fazenda e prende Henrique. Gabriel entra em coma.

Veja também – Resumo das novelas:

A Escrava Isaura: capítulos da novela – O que vai acontecer

Capítulo 37, 28 de fevereiro (Terça-feira) – Sebastião chega a fazenda. Leôncio vai com Francisco procurar Isaura. Álvaro arrecada jóias. Leôncio persegue a charrete com Isaura e Miguel. André atira contra Leôncio. Chega a Milícia que vai atrás de André. Isaura consegue escapar. Leôncio desespera com a fuga de Isaura. Tomásia dá abrigo a Miguel e Isaura. Henrique está preso e recebe a visita de Sebastião. Diogo cuida de Miguel. Leôncio grita com Rosa. Malvina preocupa-se com Leôncio. Flor-de-Lis é expulsa do bordel. Leôncio vê a imagem de Almeida. Leôncio manda Rosa dormir com ele. André vai visitar João e Joaquina. Leôncio descobre que Isaura está em casa de Tomásia. Álvaro sonha com um grande amor. Helena nega-se a ser examinado por Paulo e pede a presença de Diogo. Leôncio queixa-se de Tomásia, ao Sargento de Milícia. Isaura e Miguel comentam sobre deles para Tomásia. Gioconda chora sobre o leito de Gabriel que está em coma. Bernardo acha um diamante no riacho.

Capítulo 38, 01 de Março (Quarta-feira) – Henrique pede a seu pai que vá até à casa da Condessa avisar Isaura que Leôncio está indo para lá. Sargento e Leôncio chegam a casa da Condessa. Miguel e Isaura escondem-se no quarto de Gabriel. Tomásia não deixa que Leôncio entre em sua casa. Bernardo beija Moleca e mostra-lhe o diamante. Leôncio vai ao juiz pedir uma carta de autorização para entrar na casa de Condessa. Os escravos de Leôncio ficam dispostos estrategicamente ao redor da casa de Tomásia para Isaura não fugir. O juiz autoriza Leôncio a entrar no quarto de Gabriel. André encontra seus amigos escravos nas terras da Condessa e descobre que Leôncio prometeu dar a alforria ao escravo que encontrar Isaura. André fica calmo e vai até Isaura, diz-lhe que estão cercados por colegas. O cerco de escravos foge para o quilombo. Malvina diz a seu pai que ama Leôncio e quer voltar para ele. Helena arde em febre. Margarida beija o Dr. Paulo na boca.

Capítulo 39, 02 de Março (Quinta-feira) – Leôncio não encontra Isaura. Geraldo conta a Álvaro que Branca vai doar as suas jóias à Sociedade Abolicionista. André ouve os passos da tropa do capitão-do-mato atrás deles. André faz-se de isco para o capataz. Raimundo chicoteia o escravo que não fugiu. Violeta conta a Belchior que Flor de Liz foi quem entregou o ataque à fazenda para Leôncio. Tomásia quer colocar um espia na fazenda de Leôncio. Isaura e Miguel saem do esconderijo e fogem na direção oposta a de André. Leôncio vê o fantasma de seu pai e desmaia. André consegue fugir do capitão do mato e vai para onde está Isaura. Branca dá jóias a Álvaro como doação. André conta a Isaura sobre Moleca. Diogo é chamado pelo Cel. Sebastião para consultar Helena que está muito doente. Helena e Diogo trocam olhares e recitam poemas. André apresenta Isaura e Miguel a Moleca que se irrita. Cel. Sebastião negocia com Leôncio a devolução de Rosa e a liberdade de Henrique.

Capítulo 40, 03 de Março (Sexta-feira) – Chegam mais escravos com armas ao quilombo. Raimundo vai até casa de Tomásia pedir para trabalhar. Joaquina e João lamentam-se por terem de voltar para a casa de Leôncio. A Condessa aceita e coloca-o como um espia na fazenda de Leôncio. Rosa fica feliz ao saber que seu pai foi negociá-la. Moleca diz para Isaura ficar longe de André. André diz a Moleca que ama Isaura. Tomásia quer um acompanhante para cuidar do seu irmão enquanto ele está em coma. Dr. Paulo fica irritado com a visita que Diogo fez à sua amada. Helena não acha justo entregar Joaquina e João de volta para Leôncio. Cel. Sebastião vai ao encontro do seu filho para lhe contar sobre sua liberdade. Leôncio e Rosa dormem juntos. Isaura quer ir embora do quilombo. Álvaro diz à sua mãe que procura pelo seu grande amor. João, Joaquina e o Cel. Sebastião vão para a fazenda de Leôncio. Malvina quer entregar um bilhete a Leôncio pedindo que ele não maltrate os pobres escravos.

Capítulo 41, 06 de Março (Segunda-feira) – Bernardo mostra um diamante a André. Coronel Sebastião troca papéis com Leôncio. Rosa é chamada de filha pelo coronel. Cel. Sebastião entrega o mandado ao sargento, em frente à cela de Henrique. João e Joaquina são mandados para a senzala. Leôncio quer invadir o quilombo. Raimundo avisa Tomásia sobre o ataque que Leôncio quer fazer ao quilombo. A condessa decide então enviar novas armas e um mensageiro para lá. Miguel planeja fugir com Isaura. Leôncio sente-se só. João e Joaquina continuam trancados na cela. Leôncio tem outra visão de Almeida. André e Moleca preparam o quilombo para o ataque da tropa de Leôncio. Rosa dá abrigo a Flor-de-Lis. Perpétua vai a casa de Estela. Álvaro diz que vê Branca como irmã. Henrique enfrenta Sebastião. Dr. Paulo atende Leôncio e diz que ele está demente. Sebastião expulsa Flor-de-Lis do quarto de Rosa. Henrique vai ao quilombo lutar a favor de Isaura.

Capítulo 42, 07 de Março (Terça-feira) – Gioconda sente-se mal e Diogo socorre-a. Leôncio percebe que sua tropa está desfalcada. Diogo recebe uma mensagem de Sebastião e vai à sua fazenda. Sebastião irrita-se com a desobediência de Henrique. Moleca chama Bernardo para defender o quilombo. Isaura e Miguel fogem do quilombo. Pedrinho mostra o caminho para Muriaé a Isaura e Miguel. Diogo e Helena recitam versos e enamoram-se. Sebastião visita Rosa. Henrique chega ao quilombo. Francisco duvida que Leôncio pague a recompensa pela captura de Isaura. André convence os escravos da tropa de Leôncio a viverem no quilombo e desistirem do ataque. Francisco e Martinho também desistem do ataque. Sebastião conversa com Paulo no bordel. Raimundo recebe um beijo de Rosa. O quilombo festeja a vitória. Leôncio tem outro pesadelo com Almeida. Isaura e Miguel adotam Pedrinho. Tomásia alegra-se com as alucinações de Leôncio. Leôncio irrita-se com a perda de escravos.

Capítulo 43, 08 de Março (Quarta-feira) – Miguel, Isaura e Pedrinho encontram a Milícia, mas não são reconhecidos. Álvaro e Geraldo chegam bêbados a casa. Isaura fica assustada com a volta da Milícia. Leôncio diz que chegou a hora de João e Joaquina. Miguel, Isaura e Pedrinho não são reconhecidos pela polícia. Leôncio manda colocar a máscara de ferro em Joaquina. Bernardo convida Henrique para ser seu sócio. Malvina quer notícias de Leôncio. Leôncio manda trancar João e Joaquina no quarto de Isaura. Sebastião exige respeito das suas filhas e dá uma jóia de presente a Rosa. Tomásia manda um remédio para enlouquecer Leôncio, que toma tudo. Raimundo leva comida e bebida para Joaquina e João. André planeja salvar João e Joaquina. Sebastião visita Gabriel. Leôncio delira e sonha que é açoitado no tronco e preso com a mascara de ferro. Belchior chama o Dr. Paulo. Martinho invade o quarto de Rosa. Isaura, Miguel e Pedrinho estão perto de São Paulo.

Capítulo 44, 09 de Março (Quinta-feira) – Miguel, Isaura e Pedrinho conversam à volta da fogueira sobre a situação de João e Joaquina. Martinho pressiona Rosa para contar onde está Isaura. Leôncio não consegue manter o equilíbrio e apoia-se no piano. Em pânico e de olhos arregalados, Leôncio chama o seu capanga. Raimundo ajuda João a esconder os restos de comida e bebida e logo em seguida vai atender Leôncio que tem várias alucinações chegando a confundir o Dr. Paulo com os negros quilombolas. Helena devora a comida que se encontra na sua frente, para não ser examinada pelo Dr. Paulo. Miguel escuta passos próximos à fogueira. Atrás da árvore esconde-se um índio com o rosto pintado de vermelho e preto. Tomásia e Gioconda conversam sobre o Coronel Sebastião e Gabriel. Raimundo conta ao Dr. Paulo que Leôncio tomou um remédio e logo depois ficou estranho. Miguel acredita que eles estão em terras indígenas. Geraldo convida Álvaro e Perpétua para irem a sua casa.

Capítulo 45, 10 de Março (Sexta-feira) – Raimundo conta a Tomásia que Leôncio já sabe sobre o remédio que ela lhe enviou. Cel Sebastião lamenta-se para suas filhas e diz-lhes que é um fracasso como pai. Miguel consegue uma charrete para seguirem viagem. Bernardo mostra um diamante bruto a Henrique. André pede ajuda aos quilombolas para salvar João e Joaquina. Rosa arranja-se para visitar Leôncio. Malvina pede Belchior que leve uma carta ao seu marido, manifestando sua intenção de visitá-lo. Leôncio ameaça Raimundo por causa do remédio que ele bebeu. Dr. Diogo examina Helena. Gabriel abre os olhos de repente. Miguel fala para Isaura sobre uma chácara para alugar em São Paulo. Isaura chora de alívio. Gabriel fica de olhos abertos, mas continua imóvel. Diogo declara-se a Helena. Miguel chega à chácara em São Paulo e consegue negociar com o proprietário o aluguer. Henrique e Bernardo garimpam os diamantes no meio do cascalho. Cel. Sebastião diz a Helena que irá casar com o Dr. Paulo. Belchior entrega a carta de Malvina a Leôncio e ele decide escrever uma carta de resposta. Tomásia recebe uma caixa de presente, mas ao abri-la sai uma aranha asquerosa. A condessa fica brava e decide enviar um presente ainda mais letal para Leôncio. Leôncio dá estaladas na cara de Joaquina covardemente, mas pára ao ouvir Rosa. Leôncio leva Rosa para o seu quarto. Malvina recebe carta de Belchior. Helena está perto e desaprova. Álvaro diz a sua mãe que não está certo se pede a mão de Branca em casamento. Decide dar uma volta para pensar no assunto. Isaura sai para passear com Pedrinho. Álvaro e Isaura se encontram e trocam olhares. Isaura esconde-se de Álvaro por timidez, mas ele diverte-se com esse joguinho de sedução. Helena diz ao seu pai que se ele a forçar a casar-se com o Dr. Paulo ela fará um escândalo. Malvina chega à fazenda. Leôncio ouve o barulho da charrete e pede para que Rosa se vá embora. Rosa vai para o quarto antigo de Isaura para que Malvina não a veja. Leôncio vai encontrar Malvina. Moleca quer ajudar André a libertar seu pai e sua tia. Rosa dá água e pão a Joaquina e João. Henrique irrita-se por não achar diamante. Álvaro diz a sua mãe que achou a mulher da sua vida e que não pode ficar noivo de Branca. Malvina janta com Leôncio. Raimundo leva uma cobra para o quarto de Leôncio. Malvina e Leôncio vão para o quarto. Eles beijam-se e Malvina se entrega. Francisco leva Rosa para fora de casa. Malvina abre os olhos e vê a cobra. Branca lamenta-se. Perpétua briga com o seu filho. Isaura tenta ler um livro, mas não consegue concentrar-se. Álvaro surge num cavalo e Isaura sorri-lhe.

Em breve essa página será atualizada com novos resumos dos capítulos da novela “A Escrava Isaura”. Fique ligado!

Você ama essa novela? Compartilhe!